Mão segurando smartphone com Waze na tela

Os desenvolvedores da empresa adquirida pelo Google em 2013 estão trabalhando em um novo projeto para o aplicativo de trânsito Waze. Além de ajudar os motoristas a navegar pelas ruas, estão prestes a lançar um serviço de compartilhamento de carona, mas não nos moldes do Uber.

O novo recurso, chamado Waze Commute está para estrear nos próximos meses próximo à sede do Google na Califórnia, mais precisamente em São Francisco.

Como informa o Wall Street Journal, o serviço não é exatamente como o Uber, ao invés de ter motoristas dedicados aos usuários, como é a plataforma do Uber atualmente, o Waze Commute tem a ideia de unir pessoas que estejam disponíveis a dar carona para outros usuários em um mesmo trajeto. Em contrapartida, para compensar os motoristas, a empresa promete passar US$ 0,54 por milha rodada, o que seria aproximadamente R$ 1,10 por quilômetro.

waze-commute

Atualmente o Waze Commute já está disponível neste modelo em Israel, país onde foi fundada a empresa. Nos Estados unidos a intenção inicial é testar o modelo de negócio para alguns usuários cadastrados. Os motoristas terão de usar o aplicativo padrão para oferecer a carona, e o caroneiro terá de baixar o App Waze Rider para solicitar um carro.

[Via Wall Street Journal]

 

Comments

comments